A importância da gratidão

Oi amigos, tudo bem?

Recentemente recebi uma pergunta muito interessante em meu Formspring, feita por um grande amigo meu.

O que é, para você, a gratidão?

Eu respondi aquilo que aprendi com um dos meus gurus, T. Harv Eker, autor do livro os Segredos da Mente Milionária.

Vamos supor que você dê um presente pra uma criança, por exemplo uma bola.
A criança brinca com a bola por cerca de 10 minutos e depois deixa ela abandonada. Não dá valor pro presente que acabou de receber.
No outro dia, você está passeando com a criança no shopping e ela te pede um outro brinquedo de presente.
Você vai se sentir motivado pra comprar outra coisa pra ela?
Dificilmente, já que ela não soube apreciar o presente anterior. A mesma coisa acontece conosco e com o universo.

Quando você aprecia aquilo que você tem, quando valoriza o que possui, o universo reconhece que aquilo é importante pra você.

E você não vai receber mais de alguma coisa até você mostrar que aprecia aquillo que você já tem. Afinal se aquilo não é importante pra vc, não tem sentido você receber ainda mais. Por exemplo: Se você tem um carro velho, mas não dá valor ao carro, não cuida dele, não é grato por ter um meio de locomoção, você não está preparado pra ter um carro melhor. Já que provavelmente não vai cuidar bem do outro carro também.

Quando você reconhece que algo é importante pra você, abre o caminho pra que mais daquilo venha até você.

O valor das coisas não é fixo, depende de cada pessoa, de cada situação. No deserto, um galão de água pode valer muito mais que uma montanha de ouro, por exemplo.

Há dois modos de você se sentir realizado materialmente, ou você consegue tudo aquilo que você quer ou você aprecia aquilo que você já tem.

Gratidão é dar valor às coisas, reconhecer aquilo que é importante pra você. Isso faz com que aquilo que as coisas pelas quais você é grato fluam ainda mais em sua direção.

Foque naquilo que é positivo, e isso fará parte da sua vida. Essa é a essência da Lei de Atração.

Recomendo muito a leitura do livro dele, clique no livro pra acessar o site do Submarino.

Um grande abraço!!!

Coach

Anúncios

Como comprar as coisas que você quer E investir bem o seu dinheiro?

Oi amigos, tudo bem?

Obrigado pelas visitas ao blog. Num comentário de um dos posts anteriores, uma leitora fez uma pergunta muito interessante:

“Qual seria o ‘pensamento ideal’ para fugirmos do impulso de gastar nesse mundo tão tentador???Se vestir X marca de roupa ou ir a tal lugar dá um status social grande, e eu posso pagar por isso.. como resistir à tentação e ‘negar’ o consumismo, pensando no longo prazo?????”

Há várias formas de se responder a essa pergunta, mas não vou respondê-la, vou fazer algo ainda melhor. Vou fazer uma pergunta melhor. As perguntas que você faz determinam a qualidade das respotas que você obtem.

O autor T. Harv Eker, em seu livro Os Segredos da Mente Milionária fala muito sobre o modo como os ricos pensam e como a classe média e os pobres pensam. Essa diferença no pensamento entre eles é que cria as diferentes realidades para eles.

Um dos princípios é o seguinte:

Os ricos pensam em termos de “E”, os pobres e classe média pensam em termos de “OU”.

Os ricos vivem num mundo de abundância, e sabem que você pode ter a possibilidade de ter o que você quiser se agir da maneira adequada. Os pobres vivem num mundo de escassez, acreditam que você deve abrir mão de uma coisa para poder obter alguma outra coisa.

Os pobres dizem: eu prefiro ser feliz a ser rico. Os ricos dizem: eu prefiro ser feliz E rico. Ser feliz é tão importante quanto ser rico, não faz sentido abrir mão de uma coisa para conseguir a outra, devemos buscar atingir os dois objetivos.

Os pobres falam: eu prefiro fazer o que gosto a ganhar dinheiro. Os ricos dizem: eu prefiro fazer o que gosto E ganhar dinheiro. Ter uma boa remuneração é tão importante quanto se sentir bem no trabalho, não vale a pena ter um sem ter o outro, devemos buscar os dois objetivos. Continue lendo »