Como comprar as coisas que você quer E investir bem o seu dinheiro?

Oi amigos, tudo bem?

Obrigado pelas visitas ao blog. Num comentário de um dos posts anteriores, uma leitora fez uma pergunta muito interessante:

“Qual seria o ‘pensamento ideal’ para fugirmos do impulso de gastar nesse mundo tão tentador???Se vestir X marca de roupa ou ir a tal lugar dá um status social grande, e eu posso pagar por isso.. como resistir à tentação e ‘negar’ o consumismo, pensando no longo prazo?????”

Há várias formas de se responder a essa pergunta, mas não vou respondê-la, vou fazer algo ainda melhor. Vou fazer uma pergunta melhor. As perguntas que você faz determinam a qualidade das respotas que você obtem.

O autor T. Harv Eker, em seu livro Os Segredos da Mente Milionária fala muito sobre o modo como os ricos pensam e como a classe média e os pobres pensam. Essa diferença no pensamento entre eles é que cria as diferentes realidades para eles.

Um dos princípios é o seguinte:

Os ricos pensam em termos de “E”, os pobres e classe média pensam em termos de “OU”.

Os ricos vivem num mundo de abundância, e sabem que você pode ter a possibilidade de ter o que você quiser se agir da maneira adequada. Os pobres vivem num mundo de escassez, acreditam que você deve abrir mão de uma coisa para poder obter alguma outra coisa.

Os pobres dizem: eu prefiro ser feliz a ser rico. Os ricos dizem: eu prefiro ser feliz E rico. Ser feliz é tão importante quanto ser rico, não faz sentido abrir mão de uma coisa para conseguir a outra, devemos buscar atingir os dois objetivos.

Os pobres falam: eu prefiro fazer o que gosto a ganhar dinheiro. Os ricos dizem: eu prefiro fazer o que gosto E ganhar dinheiro. Ter uma boa remuneração é tão importante quanto se sentir bem no trabalho, não vale a pena ter um sem ter o outro, devemos buscar os dois objetivos. Leia o resto deste post »

A principal diferença entre os ricos e os pobres

Oi amigos

Atendendo a pedidos, vou falar um pouco sobre livros sobre educação financeira.

Muitas pessoas influenciaram profundamente como penso no dinheiro, um dos mais importantes foi Robert Kiyosaki, autor da famosa série de livros Pai Rico, Pai Pobre.

Nessa série Robert conta sua história e como foi sua experiência de viver com duas pessoas que pensavam de modos completamente diferentes sobre o dinheiro. Seu pai verdadeiro, que pensava como uma pessoa pobre e o pai de seu melhor amigo, que pensava como uma pessoa rica. Após essa experiência e vendo o que aconteceu com cada um dos seus pais, Robert escolheu qual caminho iria seguir e conta o que aprendeu nessa jornada em seus livros.

O primeiro livro se chama: Pai Rico Pai Pobre: o que os ricos ensinam a seus filhos sobre dinheiro. Leia o resto deste post »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 171 outros seguidores